Jornalista aposta em empreendedorismo e lança portal Viva Pampulha

Jornalista experiente, com passagens pelo jornal Lance, Globoesporte.com, Rede Minas e jornal A Tarde, em Salvador, Marcelo Machado decidiu investir na profissão e ser seu próprio patrão, quando foi demitido pelo Hoje em Dia, onde foi editor de esportes até fevereiro passado. Ele montou o portal Viva Pampulha, com notícias, análises, artigos e serviços sobre uma das mais dinâmicas regiões de Belo Horizonte, e está satisfeito com o resultado do empreendimento.

“O retorno está sendo muito interessante, considerando que não há nenhum grupo econômico nem grande investimento publicidade”, afirma Marcelo. “A reposta do público está surpreendendo”, acrescenta. O portal está presente nas principais redes sociais e teve em média 50 curtidas por dia, nos primeiros 75 dias, em número crescente. “É um crescimento que encoraja”, diz o jornalista. “Agora é partir para o mercado e mostrar que estamos fazendo um jornalismo comprometido com o interesse público.”

Marcelo acredita que as pessoas estão carentes de bom jornalismo e que existe um amplo espaço a ser explorado pelo jornalismo comunitário, que dá voz à população. “Os jornalistas precisam ser empreendedores”, sugere. “Nossa vantagem competitiva é a credibilidade. O jornalista tem o conteúdo, a grande dificuldade é a falta de traquejo comercial”, analisa.

Boas histórias e serviço

A ideia do portal veio do conhecimento que Marcelo Machado da Pampulha, região que frequenta há muitos anos, morador que é do Bairro Ouro Preto. Numa feliz coincidência, o portal foi ao ar no dia 16 de julho e no dia seguinte o conjunto arquitetônico modernista da Pampulha foi declarado patrimônio cultural da humanidade pela Unesco.

“A Pampulha tem um público amplo, que está sempre ali, caminhando, pedalando, passeando. Há muito lazer no entorno da lagoa”, observa Marcelo, citando a Fundação Zoo-Botânica (zoológico), o Parque Guanabara, o Mineirão e o Mineirinho. A região tem ainda o Parque Ecológico, clubes, inúmeros bares e restaurantes, além do imenso campus da Universidade Federal de Minas Gerais. “Assunto não falta”, garante o editor.

A afirmativa é confirmada nas boas histórias que Viva Pampulha já colecionou em tão pouco tempo. Repórter atento, Marcelo descobre boas histórias em personagens e locais da Pampulha, como um projeto quase desconhecido de Niemeyer, a sede administrativa da Fundação Zoo-Botânica, e o “João do Coco”, um comerciante de cocos cuja casa chama atenção pelos cocos gigantes. Chama atenção para artistas como o escultor José Amâncio Carvelho – autor de belas esculturas eróticas e de um Cristo maior que o Redentor famoso – e o músico Adson Miranda – que gosta de tocar seu sax tenor sentado à beira da lagoa.

O portal comprova que o jornalismo está vivo e o trabalho de Marcelo Machado é um alento para profissionais desanimados. Como bom editor, ele não descuida de notícias gerais – na seção Radar, abre espaço para acontecimentos locais, nacionais e internacionais relevantes, como o Brexit, a greve dos bancários e a chegada do horário de verão, buscando sempre uma abordagem original, um conteúdo esclarecedor. O portal mantém ainda uma agenda cultural.

Focado em esporte, saúde, lazer, cultura, turismo, gastronomia e sustentabilidade e estruturado em notícias, serviços e análises, o portal reúne um time de 16 colunistas. São médicos, fisioterapeutas, biólogos, educadores físicos, nutricionistas e advogados que compartilham com os leitores seus pontos de vista e conhecimentos especializados, em artigos interessantes sobre assuntos variados do dia a dia, da cidade e da vida das pessoas no mundo contemporâneo.

4/10/16

Veja também

Fenaj adere à campanha Tributar os Super-ricos

Conjunto de medidas propostas pode elevar a arrecadação em cerca de R$ 300 bilhões e ...

Um comentário

  1. Sucesso total!!!! Parabéns ao idealizador e à todos envolvidos!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *