Juiz de Fora: Sindicato repudia uso de spray de pimenta contra jornalistas e estudantes

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora divulgou a seguinte nota de repúdio.

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora repudia a ação praticada pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira, 30 de março, durante manifestação contrária ao aumento das passagens do transporte coletivo no Centro de Juiz de Fora. É injustificável o uso de spray de pimenta contra jovens e adolescentes, que seguiam em ato pacífico previamente agendado.

O repórter fotográfico do jornal Tribuna de Minas Leonardo Costa foi atingido por spray de pimenta, mesmo portando visível identificação profissional.

O Sindicato dos Jornalistas não aceita a violência contra a imprensa livre. O ataque e a intimidação a jornalistas são temerários no Estado democrático de direito, tendo em vista a necessidade de preservação da liberdade de expressão e das garantias constitucionais da atividade jornalística.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora

(Crédito das foto: Leonardo Costa / Tribuna de Minas.)

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *