Diários Associados: impasse na reunião de mediação. Sindicatos marcam assembleia conjunta

Os sindicatos dos trabalhadores não aceitaram a proposta feita nesta sexta-feira 5/2  pelos Associados Minas de quitar o que falta do décimo terceiro salário até o final de março. A reivindicação é que o pagamento seja feito ainda em fevereiro, o mais breve possível. A primeira parcela do décimo terceiro deveria ter sido paga em 30 de novembro e a segunda em 20 de dezembro. Ou seja, já são quase dois meses de atraso na quitação do benefício.

Na reunião de mediação realizada no Ministério do Trabalho, entre os quatro sindicatos (jornalistas, radialistas, administração e gráficos) e representantes da empresa, esta assegurou que o décimo terceiro será pago até o fim do mês que vem e que, se tiver recursos, quitará antes. De acordo com a empresa, faltam 30% remanescentes do valor devido. A empresa informou ainda ter regularizado todas as pendências de férias, que não estão sendo pagas como determina a legislação (abono de 30% e adiantamento do salário 48h antes do início das férias).

Em função do impasse, as negociações no Ministério do Trabalho foram encerradas, já que a condição para sua continuidade era a quitação integral da dívida. Os sindicatos vão aguardar a decisão judicial sobre as ações pedindo o pagamento do décimo terceiro e da multa, revertida para o trabalhador, em função do atraso nos pagamentos. A audiência das quatro primeiras ações (uma para cada sindicato) vai acontecer no início de março, antes mesmo da data final prevista pela empresa para quitar o décimo terceiro.

Na reunião de hoje, a empresa garantiu a extensão do plano de saúde até o dia 20, mas o sindicatos exigem sua manutenção ou a apresentação de uma nova operadora para garantir o atendimento de todos os funcionários.

ASSEMBLEIA

A luta dos trabalhadores dos Diários Associados vem sendo travada em quatro frentes: reuniões de mediação, ações na Justiça do Trabalho, denúncias no Ministério Público do Trabalho e paralisações do trabalho. Com o encerramento das reuniões de mediações, as demais frentes vão prosseguir.

A mobilização dará um novo passo com a realização de uma assembleia conjunta de todos os trabalhadores do jornal Estado de Minas, jornal Aqui, portal Uai e portal em.com.br e TV Alterosa. A proposta dos quatro sindicatos foi aprovada pelos trabalhadores da TV Alterosa, que voltaram a se reunir no começo desta tarde, na porta da emissora.

A assembleia, que discutirá e deliberará sobre os novos passos do movimento, está marcada para o dia 16 de fevereiro, terça-feira, às 20h, na Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400. Centro).

 

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *