Gráficos demitidos do Hoje em Dia protestam e salários são pagos

Dezenas de gráficos dispensados pelo jornal Hoje em Dia fizeram um protesto nesta segunda-feira 11/1/16 na sede da empresa. Eles reclamaram o descumprimento do acordo feito na demissão coletiva e exigiam ser recebidos pela direção. O protesto será repetido nesta terça-feira 12/1, a partir das 9h.

Depois de esperarem durante mais de uma hora na porta do prédio, os gráficos resolveram subir até a direção, onde conseguiram ser recebidos pelo diretor-executivo do jornal. Eles cobraram o pagamento dos salários de dezembro, que não foi feito, e o acerto das demissões. O diretor prometeu fazer o pagamento dos salários ainda hoje, mas disse que não tem previsão para o pagamento das rescisões.

“Quando conversaram com o sindicato, antes, ele garantiu que o dinheiro para as demissões estava no bolso, mas agora diz que não tem dinheiro”, disse José Aparecido Ferreira, diretor do Sindicato dos Gráficos.

A pressão deu resultado e a promessa de pagamento dos salários foi cumprida no fim da tarde. Os trabalhadores continuarão a pressionar para receber o acerto das demissões. “Amanhã vamos voltar a protestar na porta do jornal”, anunciou José Aparecido.

O Hoje em Dia encerrou as atividades da sua gráfica e demitiu todos os seus 78 funcionários. A impressão do diário, assim como da Folha Universal, da igreja de Edir Macedo, antigo dono do jornal, passou a ser feita pela Sempre Editora, que publica o concorrente O Tempo.

 

Veja também

Estudo global revela efeitos da pandemia no jornalismo

Por Taylor Mulcahey, IJNet A pandemia de covid-19 impactou muitos jornalistas e redações de uma ...

2 comentários

  1. Valdir Fraga Junior

    Toda solidariedade a luta dos trabalhadores gráficos!

    Viva o Dia 7 de Fevereiro dia Nacional da categoria!

    Fraga Jr. – Linotipista – ex preso político.

  2. UNIDOS PELO DIREITO AO TRABALHO E À DIGNIDADE !!! Apoio todos vocês, estão certíssimo em lutar pelos seus direitos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *