SRTE solicita fiscalização em empresas que prestam serviços de comunicação à Assembleia

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) decidiu pedir fiscalização do cumprimento da legislação trabalhista pelas empresas Talentos Cinevídeo, BH News TV Comunicação e Virtual Cinema e Vídeo, que prestam serviços de comunicação à Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A decisão foi tomada depois de reunião de mediação realizada nesta segunda-feira 5/10, na SRTE, a pedido do Sindicato dos Jornalistas.

O Sindicato recebeu denúncias de descumprimento da legislação trabalhista pelas três empresas, que empregam repórteres fotográficos e repórteres cinematográficos. Entre as normas que não estariam sendo cumpridas está a carga horária, que ultrapassaria a prevista na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Na reunião de mediação, os representantes das empresas negaram as denúncias e não houve acordo. Em decorrência disso, a mediadora da SRTE solicitou a fiscalização, “objetivando a realização de ação para verificação dos atributos mencionados, jornadas e rescisões contratuais, além das condições de transporte dos equipamentos quando os trabalhadores estão em viagem”. O resultado da fiscalização será remetido ao Ministério Público do Trabalho.

 

Veja também

MPT arquiva denúncia da chapa 1 contra eleição do SJPMG

O Ministério Público do Trabalho (MPT) arquivou nesta semana denúncia envolvendo o processo eleitoral para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *