Jornais e revistas: trabalhadores apresentam propostas em reunião de mediação

O Sindicato dos Jornalistas, o Sindicato dos Gráficos e o Sindicato dos Empregados na Administração de Jornais e Revistas apresentaram nesta quinta-feira 27/8 às empresas jornalísticas da capital, em reunião mediada pela Superintendência Regional de Trabalho e Emprego, suas propostas de Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016. As propostas preveem a recomposição das perdas inflacionárias dos salários e cláusulas econômicas e a renovação das demais cláusulas da CCT.

A reunião foi mediada pela SRTE a pedido dos três sindicatos profissionais, diante da intransigência patronal. Ela foi realizada diretamente com as empresas jornalísticas porque o sindicato patronal encontra-se desatualizado perante o Sistema Mediador. Participaram da reunião representantes dos jornais Estado de Minas, Diário do Comércio, Hoje em Dia, O Tempo, Balcão, Metro, da Cidade e das revistas Encontro e Viver Brasil.

Uma nova reunião com os patrões foi marcada para 9/9/15, às 16h, na sede do sindicato patronal. Outra reunião de mediação na SRTE já está marcada também, para 15/9, às 9h, podendo ser cancelada caso as partes entrem em acordo.

As propostas registradas em ata na SRTE variam em função das datas-bases diferentes. Para os jornalistas elas são as seguintes: reajuste salarial e benefícios de 5% a partir de 1º de abril de 2015 e de 3,42% a partir de 1º de junho; pagamento das diferenças decorrentes da aplicação retroativa desses índices em três parcelas iguais, juntamente com os salários relativos a setembro, outubro e novembro de 2015; renovação das demais cláusulas e condições da CCT 2014/2015.

As propostas dos gráficos e dos empregados na administração são similares, mas mudam as datas-bases, 1º de junho e 1º de julho, respectivamente.

 

(Crédito da foto: Aloísio Morais.)

 

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *