Sindicato dos Jornalistas do Paraná denuncia assédio moral em emissora de universidade

O Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná (Sindijor) denunciou na quarta-feira (22/7) diversos atos de assédio moral cometidos pela Fundação Unicesumar (Centro Universitário Cesumar) – proprietária da Rádio e TV UniCesumar – contra jornalistas, técnicos radialistas e estagiários.

Segundo a nota, o Sindijor-PR repudiou as ações da emissora, que, de acordo com a denúncia, faz uso de seu poder hierárquico para ferir psicologicamente seus funcionários. O comunicado ainda ressalta que ação fere “relações trabalhistas, o processo de construção do conteúdo jornalístico e a disseminação da notícia”.

Além do assédio moral, o sindicato também apontou negativamente sobre o uso de técnicos radialistas e estagiário em funções jornalísticas. “Um desrespeito à regulamentação da profissão e uma forma de fraudar a remuneração em Convenção Coletiva do Trabalho”, diz o trecho da nota.

“O Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná solidariza-se com os profissionais e com os estudantes que denunciaram os atos de assédio moral ocorridos na Fundação UniCesumar e reafirma o compromisso de combater o assédio na sociedade e estar ao lado dos denunciantes, fazendo valer essa representação, na busca de melhores condições de trabalho e de aprendizado dos alunos”, diz um trecho da nota.

Fonte: Portal Imprensa

(Publicado no Portal Imprensa e no site do FNDC)

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Um comentário

  1. Aloísio Ferreira Santos

    Boa noite, gostaria de saber que tipo de benefícios tem os filiados ao sjpmg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *