Sindicato dos Jornalistas do Paraná denuncia assédio moral em emissora de universidade

O Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná (Sindijor) denunciou na quarta-feira (22/7) diversos atos de assédio moral cometidos pela Fundação Unicesumar (Centro Universitário Cesumar) – proprietária da Rádio e TV UniCesumar – contra jornalistas, técnicos radialistas e estagiários.

Segundo a nota, o Sindijor-PR repudiou as ações da emissora, que, de acordo com a denúncia, faz uso de seu poder hierárquico para ferir psicologicamente seus funcionários. O comunicado ainda ressalta que ação fere “relações trabalhistas, o processo de construção do conteúdo jornalístico e a disseminação da notícia”.

Além do assédio moral, o sindicato também apontou negativamente sobre o uso de técnicos radialistas e estagiário em funções jornalísticas. “Um desrespeito à regulamentação da profissão e uma forma de fraudar a remuneração em Convenção Coletiva do Trabalho”, diz o trecho da nota.

“O Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná solidariza-se com os profissionais e com os estudantes que denunciaram os atos de assédio moral ocorridos na Fundação UniCesumar e reafirma o compromisso de combater o assédio na sociedade e estar ao lado dos denunciantes, fazendo valer essa representação, na busca de melhores condições de trabalho e de aprendizado dos alunos”, diz um trecho da nota.

Fonte: Portal Imprensa

(Publicado no Portal Imprensa e no site do FNDC)

Veja também

Estudo global revela efeitos da pandemia no jornalismo

Por Taylor Mulcahey, IJNet A pandemia de covid-19 impactou muitos jornalistas e redações de uma ...

Um comentário

  1. Aloísio Ferreira Santos

    Boa noite, gostaria de saber que tipo de benefícios tem os filiados ao sjpmg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *